Não existe gestão sem números…

A importancia dos números

Você acredita em gestão sem resultados? Caso sim, como você define o que é gestão? E como podemos avaliar resultados senão em função dos números que devemos alcançar?

Há uma frase atribuída ao Dr. Deming, famoso especialista da gestão da qualidade americano, que afirmou “em Deus eu acredito. Nos demais assuntos eu quero ver os números”.

Esta afirmação trouxe uma revolução à administração empresarial, não por que não se soubesse disto anteriormente, mas pelo efeito que a afirmação proporcionou, junto com uma série de outras mudanças de conceitos, métodos e sistemas de gerenciamento.

Algum tempo atrás o desempenho de uma organização, sobretudo empresas, podia até ser avaliado em função de aspectos subjetivos, opiniões, sentimento de sucesso, ou outros aspectos subjetivos. Porém, cada vez mais, a necessidade de avaliar resultados a  partir dos números  alcançados tem crescido em importância, relevância e frequência.

Vejamos alguns casos:

  • observe como eram feitos os comentários sobre um jogo de futebol, na década de 70, e hoje em dia: não basta apenas ver o placar final. Uma boa análise de uma partida inclui, além do placar, tempo de jogo, posse de bola de cada equipe, número de faltas, número de roubadas de bola, chutes a gol, etc.;
  • você já viu a equipe de apoio ao técnico Bernardinho, da seleção de vôlei brasileira, com seus famosos computadores, acompanhando uma bateria de números sobre a atuação do Brasil e dos adversários?
  • ao examinar um paciente, um médico, além do exame clínico, baseia seu diagnóstico em uma série de exames complementares, com, cada vez mais números sobre o desempenho desta máquina maravilhosa que é o corpo humano;
  • a avaliação de ensino, seja em nível de ensino fundamental, médio ou universitário, incorpora, crescentemente, indicadores, que ultrapassam as questões meramente de ensino-aprendizagem. Por mais que se possa criticar o uso de números, como são atribuídas notas nas escolas?

Tomando o conceito de indicadores como índices numéricos para avaliar o desempenho de processos, sistemas e organizações, o gestor competente não pauta mais a avaliação de seu negócios em feeling, intuição, e nem mesmo apenas em função do resultado financeiro.

Todo e qualquer gestor, em qualquer nível da organização, com ou sem fins lucrativos, precisa incorporar o uso de indicadores para planejar e gerir melhor o andamento de sua empresa, setor, departamento, filial, processo ou outro tipo de unidade organizacional.

Como anda o seu negócio?

Se vai bem, você tem os números que comprovem isto?

Se vai mal, talvez esteja assim por que você não acompanha os números para avaliar, de forma criteriosa e desapaixonada, o desempenho e antever as decisões racionais que precisa tomar.

Um comentário sobre “Não existe gestão sem números…

  1. A cada dia tenho mais certeza que preciso gostar desses tais números… Já melhorei muito, mas o subjetivo ainda é forte!! rsrs… Muito bom o artigo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s