Planejamento estratégico é necessário?

Safari de estratégia

Este artigo faz parte da série “escolas de estratégia” e  este é primeiro de um total de 12.

Você acredita em planejamento estratégico? Sua empresa faz planejamento estratégico? Ou você vai moldando os destinos de seu negócio conforme as coisas vão acontecendo? Qual a melhor maneira de conduzir a estratégia de um negócio?

 

Aproveitamos esta série de artigos para trazer um excelente trabalho de sistematização do conhecimento e métodos de planejamento e gestão estratégica, conduzido por Mintzberg, Ahlstrand e Lampel, no clássico livro “Safari de Estratégia”. No livro os autores discorrem sobre 10 escolas do pensamento estratégico e listam vantagens de desvantagens de cada escola (Figura 1).

Neste primeiro artigo fazemos uma provocação geral, e nos próximos 10 artigos detalhando  cada uma das escolas. Ao final será apresentado um artigo com a síntese comparativa das escolas, comparativos e sugestões de encaminhamentos.

  • Se você pensa que a estratégia do negócio pode ser tratada com a definição do negócio, e a definição da missão organizacional, nem tudo está perdido; você se enquadra na escola do design;
  • Se você acredita que a estratégia de uma empresa precisa ser definida, necessariamente, a partir de um processo formal de planejamento estratégico, não se desespere, seu pensamento se encaixa na escola de planejamento;
  • Se você, por outro lado, acha que a estratégia é uma questão de posicionamento, segmentação, e definições macrodefinições sobre o que  fazer, e para quem, pode não ser suficiente, mas você se aproxima da escola de posicionamento;
  • Se você entende que a estratégia de um negócio está fortemente calcada na capacidade de visão da liderança, talvez não seja o dono da verdade, mas o seu raciocínio se enquadra na escola de empreendedorismo;
  • Se você entende que o conhecimento e aprendizado sobre o negócio são fundamentais, determinantes e suficientes para direcionar a estratégia, possivelmente você não seja professor, mas sua compreensão tem afinidades com a escola cognitiva;
  • Se você defende que a estratégia é um processo de aprendizado contínuo, coletivo e emergente, mesmo que você não goste de organização de aprendizagem, você aceitaria bem o ponto de vista da escola de aprendizado;
  • Se você acredita na influencia do poder, e entende que a estratégia deve ser conduzida através de um processo de negociação e exercício de política, ainda que você não seja político ou um bom negociador, você está sintonizado com a escola de poder;
  • Se você acha que o entendimento, respeito e ajustamento coletivo sobre valores organizacionais são a força para conduzir a estratégia da organização, talvez você não seja filósofo, mas seu pensamento se encaixa na escola cultural;
  • Se você conduz os seus negócios reagindo às mudanças do ambiente, e acha que isto é suficiente, possivelmente você não seja o melhor empreendedor, mas você tem simpatia pela escola ambiental;
  • Por fim, se você acredita que pode e deve juntar um pouquinho de cada coisa, e entende que a mudança gradativa ou acelerada são a maneira de conduzir a estratégia, você é um defensor da escola de transformação.

 

Não se desespere, nem se apresse, em escolher uma das escolas. Existem complementariedades entre algumas delas.

Nos próximos artigos estaremos discorrendo sobre cada uma das escolas de forma mais detalhada. Na Figura 1 pode ser vista ao mapa mental com a série completa de artigos, e, para você poderá acompanhar semanalmente, sempre às quintas-feiras.

 

Figura 1:  Estrutura da série de artigos sobre o Safari de Estratégia e suas 10 escolas

Estrutura da série "Escolas de Estratégia"

5 comentários sobre “Planejamento estratégico é necessário?

  1. Grande Kleber, excelente iniciativa esta série de artigos. O tema planejamento estratégico é muito comentado e bastante desconhecido. Há até “especialistas” que nunca desenvolveram um. Certamente, você está contribuindo para divulgar e difundir conceitos interessantes e importantes para profissionais e organizações! Abraços!

    1. Albirio,
      Muito gratificante ter seu feedback sobre os artigos do Blog – ainda mais sabendo que você foi um dos maiores incentivadores para eu iniciar minha vida de blogueiro!

      Grato pelo feeeback.
      Grato pelos empurrões!

      FORTE abraço!
      Kleber

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s