Barcelona: futebol servidor!

O que define um time que joga um futebol moderno? O que uma equipe de futebol pode aprender, ou ensinar, sobre comportamento servidor? É possível pensar em jogador de futebol servindo?

Barcelona, futebol servidor!

Mais um jogo do Barcelona. Mais um “passeio” no jogo. Mais um jogo com domínio majoritário da bola. Mais uma vitória!

Este tem sido a praxe nos jogos do Barcelona Futebol Clube, da Espanha.

Não sou especialista em futebol, nem mesmo torcedor fanático. Mas não pude deixar de observar algumas caraterísticas de comportamento servidor no time do Barcelona, que passo a descrever neste artigo.

Os atributos do comportamento servidor são: iniciativa, simplicidade, responsabilidade, renúncia, cuidar do outro, práticas do bem, e fazer o útil (veja artigo https://klebernobrega.wordpress.com/2011/08/01/o-que-e-comportamento-servidor/).

Iniciativa:  o time mantem, sempre, a iniciativa do jogo, começando pela posso da bola. Para isto, os jogadores usar de um sistema de toques de bola frequentes, indo onde for necessário, para manter a bola com a equipe. Não importa a posição, ou se é o melhor jogador do mundo, todos cumprem o papel. Parece não haver “casulos”, isto é, jogadores com posição fixa. Quando um time tem posições fixas, o jogador pode ficar estimulado a “ser servido”, e apenas esperar que a bola chegue até sua zona de atuação.

Simplicidade: o jogo é simples – tocar, tocar, e tocar a bola. Não se vê jogadas excepcionais, em que a beleza da jogada individual é privilegiada. A beleza vem do sistema de jogo. Vê-se, assim, ausência de arrogância. Tocar a bola, passar a bola, rolar a bola. Toque simples, contínuos, sem “firulas”.

Responsabilidade. O jogo é jogado pra frente. Quando se dá um ou outro toque lateralmente ou em recuo, isto é feito no sentido de privilegiar a posse de bola, e, em seguida, é retomado o fluxo no sentido do gol adversário.

Renúncia. Renuncia à posse de bola individualizada para privilegiar a posse de bola da equipe. Enquanto algumas estrelas do futebol brasileiro  insistem em ter a bola consigo, na tentativa de fazer o próprio gol, ou dar o drible mais bonito, os jogadores do Barcelona, logo que recebem a bola, já se preocupam em localizar um colega para quem passar.

Cuidar do outro. E se, na tentativa de passar a bola, o jogador não consegue avistar um colega por perto, logo alguém se apresenta, procurando os espaços em branco no campo. A colaboração é elevada, pois cada um se coloca à disposição do outro, e consequentemente, do time.

Práticas do bem. O time parece não se desesperar. Com o seu jogo simples, contínuo, ritmado, o que se vê em campo é alegria de jogar, correr, comemorar, a cada gol, os abraços. No final, campeão, abraços de cada um com cada um. Isto acaba promovendo e espalhando um clima de absoluta naturalidade  – tocar a bola, continuar jogando, tocando, correndo, as coisas vão acontecendo. E os gols vão aparecendo.

Como resultado, o time joga, por todo o tempo, e o tempo todo, com foco em avançar na direção do gol adversário, buscando o gol. Ou seja, a característica de fazer o útil se faz verdadeiramente presente.

Consequência de tudo isto, 

O time vem, ano a ano, vencendo a maioria dos torneios que disputa

Reflexões…

  • Como anda jogando seu time de futebol? Que características do comportamento servidor seu time do coração apresenta?
  • E sua equipa, na empresa? O que pode aprender com o time do Barcelona?

6 comentários sobre “Barcelona: futebol servidor!

  1. Isso sim é jogo em equipe…
    Mas não vejo isso apenas em futebol e empresas, mas em nós mesmos…
    Adquirir ou trabalhar esses atributos nos fará ser pessoas melhores em todos os sentidos…Às vezes tem que acontecer algo para nós pararmos e refletirmos em o que estamos fazendo em nossas vidas e nos perguntar…será que tenho Iniciativa, será que sou responsável, será que tenho simplicidade, será que sei renunciar, será que sei cuidar do outro e por último será que sei praticar o bem, vamos refletir sobre isso e colocar em práticas esses atributos.
    Prof Kleber um FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO que Deus possa lhe abençoar e que eu possa usufruir de sua amizade hoje e sempre….

  2. Kleber,
    Gostaria de contribuir com suas excelentes colocações, apresentando algumas observações.

    Manutenção da equipe: o Barcelona vem mantendo a base de jogadores há muito tempo, mostrando que rotatividade excessiva pode comprometer o conjunto e o seus resultados;

    Treinar, treinar e treinar: o aprendizado advém com a determinação técnica e disciplina tática, onde o repetir com foco, consagraga o aprender e apreender;

    Estabelecimento de uma filosofia de trabalho: o fato foi relatado durante a transmissão do jogo, quando em 1972 o presidente do Barcelona, após perder um jogo, estabeleceu a filosofia nomeada de “a bola é minha”, em que permanecendo com a posse da bola no maior tempo do jogo iria intimidar o time adversário e anular suas ações.

    Por fim, o País do futebol viu um belo espetáculo de futebol. Parabéns ao time do Barcelona.

  3. Prof. no primeiro momento fiquei muito chateada com a entrevista do Neymar quando disse que ele aproveitou para aprender a jogar futebol. Pois, sempre achei que nós somos os melhores do futebol. Mas, depois de ler suas explicações vejo que Neymar além se ser um grande craque é também muito inteligente, pois, teve a ombridade de reconhecerque outra escola de futebol surgiu e que eles devem aprender com espanhóis.

  4. Excelente análise. Simples e direta, assim como o futebol show do Barcelona.
    Obrigado pelo texto professor! Mais um que irei usar em minhas aulas (com a devida referência).
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s