Você pensa estrategicamente? – parte 3 – final

Você pensa estrategicamente? Os problemas vivenciados por sua organização (empresa) são de fato, problemas estratégicos, ou apenas questões operacionais? Como podemos evoluir no pensamento estratégico?

Para pensar estrategicamente eleve o nível de sua visão

No primeiro artigo desta série pedi a colaboração dos leitores do Blog, para participar de uma pesquisa, respondendo à questão:

Quais são os 3 (somente três) principais problemas de sua empresa?

O tratamento dos dados obtidos foi feito classificando os problemas relacionados em estratégico, tático ou operacional.

O que caracteriza cada um destes níveis?

Em primeiro lugar, devo registrar: a pergunta foi feita de maneira absolutamente isenta (ou neutra), uma vez que os respondentes não tinham conhecimento da classificação que seria feita com as respostas. Houve o cuidado em não indicar pistas de como seria tratado. Este cuidado teve como objetivo evitar alguma possível tendência nas respostas.

Não foi identificado o perfil dos entrevistados, haja visto que esta pesquisa não tinha como objetivo um estudo mais aprofundado, ou mesmo com um tratamento científico mais elaborado. A intenção era, meramente, provocar os leitores do blog com uma reflexão sobre o “pensar estrategicamente”.

O tratamento dos dados obtidos foi feito classificando os problemas relacionados em estratégico, tático ou operacional.

Quando o problema citado parecia ser algo que engloba toda a organização, com alcance de longo prazo, e cuja solução costuma envolver a Direção, foi classificado como estratégico.

Quando o problema citado parecia ser algo que engloba um departamento (setor), com alcance de médio prazo, e cuja solução costuma envolver uma Gerencia foi classificado como tático.

Quando o problema citado parecia ser algo relacionado à operação (produção), ligado a um produto ou serviço específico, com alcance de curto prazo, e cuja solução envolveria Supervisão (talvez Gerencia), foi classificado como operacional.

Para uma leitura completa, veja LINK.

Embora possa ocorrer uma certa imprecisão na classificação, de um total de 121 respondentes, que responderam à pesquisa entre os dias 5 e 9 de março de 2012, os resultados apontaram:

  • Problemas estratégicos: 18%
  • Problemas táticos: 39%
  • Problemas operacionais: 44%

O que estes números sugerem?

Os números desta pesquisa repetem um padrão que tenho encontrado em palestras, cursos e projetos de consultoria para a realização de Planejamento Estratégico.

  • Há uma predominância de as pessoas visualizarem problemas operacionais como os mais importantes da empresa/organização.
  • Os problemas estratégicos tendem a ser menos percebidos pelos respondentes.

Reveja sua resposta individual (não publicamos aqui as respostas individuais, como nos comprometemos), e reflita se você teve, nesta pesquisa, pensamento estratégico.

Como cantou Garrido, o “pensamento é o fundamento”, eu pergunto: existe algo mais estratégico em uma organização que o fundamento que a criou e a mantém?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s