Por que (ou para que) uma Empresa (Organização) Servidora?

Para que serve uma Empresa Servidora? Por que eu deveria adotar conceitos e princípios de Empresa Servidora em minha organização? O que ganho com esta história?

Starbucks, uma empresa se renovou cresceu servindo café!

No artigo anterior introduzimos a ideia e o conceito de Empresa/Organização Servidora. Neste artigo exploramos um pouco melhor os benefícios de se adotar este modelo de organização.

A partir da ideia de que uma EMPRESA / ORGANIZAÇÃO SERVIDORA é aquele tipo de organização que se pauta no senso de servir a seus clientes e comunidade,  unindo elementos como: Estratégia de serviço; Liderança servidora; Cultura de serviço; Comportamentos servidores; Processos servidores; e Produtos servidores, podemos dizer que os principais benefícios de sua adoção são:

  • Estabelecer uma estratégia de serviço que posicione sua organização de forma alinhada às necessidades e expectativas de mercado, caracterizando a instituição de forma diferenciada, ou mesmo única, inserindo produtos diferenciados e/ou introduzindo serviços competitivos;
  • Conceber, planejar e projetar produtos inovadores e superiores, transformando os seus produtos em “bens de serviços”;
  • Estruturar, mapear e implantar processos capazes de conciliar necessidades externas com recursos e exigências internas em termos de qualidade, produtividade e rentabilidade;
  • Adotar práticas gerenciais e princípios de liderança que conciliem resultados organizacionais com competências, habilidades e atitudes da equipe de profissionais;
  • Difundir uma cultura de serviços superiores, sintonizada com a estratégia de serviço, e pautada em responsabilidade, comprometimento e resultado;
  • Estimular o comportamento servidor, sintonizado com a cultura de serviço, pautado nos elementos responsabilidade, iniciativa, desejo de ajudar, presteza, bem comum, fazer coisas úteis e alcançar resultado

Não importa se sua empresa é de produtos ou de serviços. O conceito de Empresa Servidora permitirá a ela identificar formas e meios de servir melhor a seus clientes e consumidores, fazendo com que seus produtos sirvam mais e melhor a seus clientes, e que sua empresa sirva mais e melhor a seus clientes, através da introdução ou melhoria dos serviços prestados.

Existe indústria pura, indústria que não presta serviços?

Não! Isto é coisa do passado….

Então você precisa saber lidar com esta realidade!

Enfim,

  • Empresa Servidora não é filantropia. Alguns exemplos de empresas servidoras, pelo mundo, são empresas que sabem ganhar dinheiro, servindo a seus clientes;
  • A mudança estratégica que algumas indústrias estão fazendo, e precisando fazer cada vez mais, podem ser orientadas por conceitos e princípios da Empresa Servidora;
  • O conceito de empresa Servidora baseia-se em fazer bem o bem, olhando a quem – o seu cliente.

Dedicatória:

Dedico o artigo de hoje à Starbucks Company, uma companhia que se transformou de indústria a uma empresa de serviços, passando de 6 (isto mesmo: seis) lojas em Seattle (EUA) a milhares de lojas servindo café, em todo o mundo.

Integrando outros artigos:

Este artigo faz parte de uma série de 10 artigos sobre Empresa/Organização Servidora, publicados sequencialmente (às quintas-feiras) segundo a figura a seguir:

Artigos da série Empresa Servidora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s