Jornal da CBN: um jornal servidor!

Qual o papel de um jornal transmitido ao vivo em rádio? Como um jornal transmitido via rádio pode se tornar competitivo, num mundo de tanta tecnologia, redes sociais e opções variadas de noticiários? É possível ser servidor à distancia?

O Jornal da CBN e seu apresentador, Milton Jung
O Jornal da CBN e seu apresentador, Milton Jung

Registro minha satisfação em ser ouvinte, sempre que posso, do jornal da CBN, apresentado por Milton Jung e equipe!

Já há algum tempo venho observando a maneira envolvente, e por que não dizer, servidora, com que os profissionais que participam daquele programa desempenhem seu papel de informar.

Porém, recentemente, tive o prazer de ser entrevistado pelo apresentador, num outro programa daquela estação: Mundo Corporativo. Antes da entrevista, refleti sobre o que poderia agregar de valor, para ouvintes e profissionais envolvidos, usando o tema da entrevista: gestão de serviços. A entrevista está publicado na internet, no link: Entrevista na Rádio CBN – Programa Mundo Corporativo | Blog de Kleber Nóbrega e a reflexão gerou o presente artigo.

O que exploro, neste artigo, é a preocupação do jornal, através dos profissionais envolvidos, em proporcionar, verdadeiramente e intensamente, benefícios aos ouvintes.

Citando um conceito por nós desenvolvido, de que “servir é executar atividades visando proporcionar benefícios àqueles a quem servimos”, reforço a necessidade de qualquer organização ou profissional de serviços entender o verdadeiro papel que exerce junto a seus clientes. Mais importante do que o que fazemos é o que entregamos para nosso cliente.

Assim aproveito este artigo para passar duas mensagens: a de que devemos, todos, entender quais os benefícios do serviços que prestamos. E, sem segundo lugar, aproveito o artigo para analisar o comportamento dos seus profissionais, fazendo uso do RUBRISA, uma sigla criada para disseminar os elementos do comportamento servidor, apresentados ao longo do texto.

  • O jornal checa suas fontes. Esta é uma conduta de RESPONSABILIDADE, algo no mínimo profissional, alguns diriam, bem como obrigatório, outros clamariam.
  • O jornal informa. Isso, por si só, já é de grande UTILIDADE. Óbvio! Este é o beneficio primeiro de um programa jornalístico. Mas o Jornal da CBN vai além. Ele não se limita a informar!
  • O jornal entrete, diverte com humor sutil, educado e respeitoso. Postura como essa denota preocupação e expressão de BONDADE.
  • O jornal envolve, permitindo a participação do ouvinte, através de sistemas diversos de comunicação, como: e-mail, redes sociais como Twitter, LinkedIn, Facebook. Eis aí um exemplo de RENÚNCIA, uma vez que os profissionais não apresentam comportamento tipo “dono da verdade”, e permitem enquanto se permitem, um diálogo de proximidade com os ouvintes.
  • O jornal alcança seus ouvintes das mais diversas formas, como rádio usual, internet via computador, smartphones ou tablets, estejam em que parte do mundo estiverem. Assim, o jornal faz uso de INICIATIVA para ir além – sem que lhe peçam!
  • O jornal faz uso da SIMPLICIDADE, pela postura de cada um de seus profissionais. Conversar com Milton Jung é, além de prazeroso e informativo, um exercício de aprendizado, na medida em que uma pessoa de destaque, afeita a lidar e tratar com personagens e personalidades conhecidas e afamadas, apresenta-se de forma extremamente simples, além de cortês, gentil e educado.
  • O jornal aproxima, na medida em que utiliza linguagem acessível e dialogada, transmitindo ao ouvinte uma sensação de que está “batendo papo” com amigos, que lhe abastecem de informações atualizadas e úteis. O sentimento de AJUDA se faz presente neste parágrafo, bem como no seguinte.
  • O jornal AJUDA também ao fazer companhia para o ouvinte solitário em casa, na rua ou na fazenda. Em casa para  os que acordam cedo e não têm compromisso fora. Na rua, para aqueles que estiverem em deslocamento e dispuserem de um rádio. Na fazenda para aqueles que distante, pretendem se manter informados e atualizados.

Publico este artigo na semana em que a Rádio CBN comemora aniversário de 20 anos.

Assim, parabenizo, agradeço e reconheço o excelente serviço prestado por Milton Jung, e registro minha expectativa de que o Jornal da CBN, através de toda a equipe, possa, sempre, manter o comportamento servidor que tem tido!

2 comentários sobre “Jornal da CBN: um jornal servidor!

  1. É verdade Kleber! Sou ouvinte do programa Mundo Corporativo e já tive acesso a muitas informações por intermédio dele, como por exemplo, através dele tive a oportunidade de conhecer você, que escreve sabiamente sobre um tema que debruço ha alguns anos. Parabéns a rádio CBN, ao Multon Jung e equipe e a você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s