Para servir é necessário se servir!

Como servir e se servir se relacionam? Qual a lógica em se servir se o que se quer é servir? O que uma indústria deve fazer para ser tornar uma empresa servidora?

Servir ou Servir-se?
Servir ou Servir-se?

Veja o relato de uma indústria que decidiu servir melhor o mercado.

O caso da Goodyear

Outro dia ouvi o relato do senhor Jaime Szulc, Presidente da Goodyear do Brasil, sobre algumas mudanças ocorridas em sua organização. Ele dizia que, para mudar a empresa, um fabricante de produtos que desejava servir melhor o mercado, foi necessário ouvir o mercado.

Em seu relato, ele relembrava que, alguns poucos anos atrás, havia no Brasil quatro fabricantes de automóveis, e três fabricantes de pneus. Hoje, diferentemente, existem mais de 15 fabricantes de automóveis, e mais de 50 fabricantes de pneus. Destes, somente alguns gozam, de fato, de maior credibilidade.

Mas, independente do nível de qualidade dos produtos, existem muitas opções de escolha para o consumidor, e isto se repete em outros segmentos da indústria automobilística, bem como em outros setores industriais.

Ele relatou que era necessário mudar o enfoque tradicional de fabricar pneus e colocar no mercado. Era necessário produzir pneus a partir do que o mercado pedia, desejava.

Por isto, foram ouvir o mercado, e descobrir o que o mercado queria ou precisava ter, em termos de pneus.

A partir daí, conforme suas palavras, “foi possível servir melhor ao mercado!”

Para servir tem que se servir

Veja, amigo leitor, a mudança de postura acontecida naquela empresa: foram se servir, buscando informações junto ao mercado, para poderem, posteriormente, servir melhor ao mercado.

Mas cuidado, existe uma diferença entre SE SERVIR e SER SERVIDO.

Reparem que eu não usei a expressão SER SERVIDO. Por que?

  • Por que SER SERVIDO sugere uma postura passiva, em que você espera a iniciativa do outro.
  • Já “SE SERVIR” só acontece se você tiver iniciativa, se você procurar, e agir.
  • Para SER SERVIDO, você nada tem a fazer, além de ficar parado.
  • “SE SERVIR” é como auto serviço (self service). Se você ficar parado, nada acontece!
  • Para SER SERVIDO, não tem que pensar, planejar, nem praticar.
  • Para “SE SERVIR” é necessário pensar o que se quer, planejar como alcançar, e colocar o plano em prática para obter o desejado

Até na forma de escrever, existe uma diferença interessante:

  • Na expressão “SER SERVIDO” o verbo está na voz passiva.
  • Na expressão “SE SERVIR” o verbo está na voz ativa!

Como disse São Francisco, é dando que se recebe.

Quem pensa em apenas ser servido vai ter dificuldade em alcançar seus objetivos.

Reflexão

  • Como tem sido as coisas em sua vinda: ocorrem mais episódios em que você é servido ou você se serve?
  • E na sua empresa/ organização, as pessoas tendem a serem servidas ou se servirem?
  • O mundo será melhor se optarmos por qual postura?

Dedicatória

Dedico este artigo a Simone Brito, alguém que, além de servidora nata, sabe, como poucos, usar o verbo na voz ativa e SE SERVIR, em vez de ficar aguardando SER SERVIDA.

Veja entrevista de Jaime Szulc, presidente da Goodyear, em Mundo Corporativo.

Artigos relacionados:

Quer mudar sua empresa / organização?

Se desejar provocar mudar o jeito de conduzir os destinos de sua empresa / organização, conheça mais sobre o assunto realizando um curso para sua equipe sobre o tema EMPRESA SERVIDORA.

Imagem extraída do link

2 comentários sobre “Para servir é necessário se servir!

  1. Mestre Kleber… Venho, há muito, tentando mostrar (nesta casa) a necessidade do que você escreveu – É dando que se recebe (São Francisco). Infelizmente muitas pessoas não entendem que, quando você cobra (aliás, cobrava) determinadas ações, embora aparentemente fosse algo seu, aquela informação era para o todo. Refleteria no Sistema
    Ter iniciativa, para muitos, é você “querer aparecer”. Mas, a colocação do auto serviço é excelente, fantástica, algo que nunca tinha visualizado.
    Torço para que muitos entendam essa fantástica diferença – SER SERVIDO e SE SERVIR.
    Excelente, parabéns

  2. Interessante, Josenilson, neste seu comentário é que fico com aquela sensação de “atirei no que vi, matei o que não vi”. Sua percepção de usar o sentido que dei no texto ao SER SERVIDO x SE SERVIR, foi muito oportuna. Grato pelo feedback e pela colaboração!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s