Alcatraz: transformando um peso morto numa bela oportunidade para prestar serviços!

Que experiências você teve de transformar algo negativo em algo positivo, gerando negócio e receita? Você já visitou algum presídio (como visitante, não como habitante)? Acha que teria interesse? Que tal visitar um presídio para onde são realizadas excursões até de escolas com crianças de 10 a 12 anos?

A ilha-presídio de Alcatraz, na Baía de San Francisco, EUA
A ilha-presídio de Alcatraz, na Baía de San Francisco, EUA

Pois fui tomado pelo repentino, súbito e inesperado desejo de visitar um presídio, em recente viagem a San Francisco, na costa leste dos Estados Unidos. “Visitar uma penitenciária” pode parecer um programa interessante para alguém que está fazendo turismo?

Por menos que eu tivesse, previamente, interesse neste tipo de programa, as diversas chamadas para o Tour de Alcatraz, anunciadas a cada ponto turístico da cidade, juntamente com o fato de que, em vários pontos da cidade, ao avistar a baía, damos de cara com a imagem do presídio desativado – e não é uma imagem feia, acabei sendo levado a seguir o roteiro.

A lembrança do filme “Fuga de Alcatraz”, estrelado por Clint Eastwood, contribuiu para a decisão de fazer o passeio. Trata-se de um filme que retrata uma história de inteligência e sagacidade, ainda que vivenciada por alguém banido da sociedade, um presidiário. O filme mostra uma fuga espetacular que, de tão inusitada, contribuiu para o término das atividades do presídio, algum tempo depois.

Após “batalhar” um pouco para conseguir tickets para a visita, o turista dirige-se ao píer de onde saem as embarcações rumo à ilha. O trajeto, por si só, com vista para a ampla e bela baía, já quase paga o ingresso.

Na chegada, após descer do barco, rampas de acesso bem sinalizadas, desimpedidas e limpas convidam o turista a se aproximar de uma área onde se encontram recepcionistas devidamente uniformizados e identificados.

Os visitantes são levados, sem gritos ou tumultos, a se posicionarem em torno de uma rampa, parecendo um palco armado, onde, após alguns instantes, um membro da equipe, com um megafone, inicia sua apresentação.

É feita uma pequena recepção, com acolhimento aos visitantes, em que são disponibilizadas informações gerais, sugestões de roteiro, registro de pontos especiais da visita, e outros detalhes do presídio. Neste momento o profissional dá também informações gerais sobre tempo estimado para a visita, locais com banheiros, e faz um breve histórico de Alcatraz.

Em seguida, há o oferecimento de equipamentos auditivos para os que quiserem – pagando – aproveitarem melhor a visita. Eu diria que, sem este guia auditivo, a visita fica muito comprometida. Além de apresentar cada etapa da visita, o guia auditivo registra depoimentos de ex “hóspedes” do presídio, que enriquecem muito a visita.

A seguir, apresento algumas imagens da visita

Anúncios chamativos para a visita

Cartazes de divulgação do passeio
Cartazes de divulgação do passeio

A Recepção aos visitantes

Recepção aos visitantes
Recepção aos visitantes

Cartaz do filme Fuga de Alcatraz

Cartaz do filme estrelado por Clint Eastwood
Cartaz do filme estrelado por Clint Eastwood

A cela de Al Capone

Um dos pontos de maior curiosidade – a cela de Al Capone
Um dos pontos de maior curiosidade – a cela de Al Capone

Ilustração da fuga

Ilustração e imagens da fuga ocorrida antes do fechamento do presídio
Ilustração e imagens da fuga ocorrida antes do fechamento do presídio

Regras e Regulamentos dos internos

Regulamento interno de Alcatraz
Regulamento interno de Alcatraz

Enfim, um espetáculo que, para quem não tenha aversão, vale a pena ser vivido.

O que isto tem a ver com gestão?

Você, leitor frequente deste Blog, pode estar pensando se eu mudei o foco, de gestão para um Blog de turismo.

Não é o caso. O que me motivou a compartilhar está experiência foi a capacidade que os gestores locais (San Francisco) tiveram, de transformar um local inútil, ou mesmo indesejado, em uma oportunidade de negócio. Senão vejamos:

  • Vários pacotes turísticos incluem o Tour de Alcatraz como um dos passeios preferenciais da região.
  • Se você não reservar Tickets com antecedência, poderá não realizar o Tour. A procura é alta. Dependendo da época do ano, se você não reservá-los com antecedência, poderá não realizar o Tour. A procura é alta.
  • Existem excursões de colégios organizadas para realizar o tour. Contam inclusive com crianças pequenas.

E, ao fazê-lo, planejaram e organizaram o serviço com muita competência.

Além dos atrativos que levam o mais desinteressado turista a ser “cooptado” para a visita, com uma estratégia de promoção e divulgação muito bem planejada e executada, o serviço em si é bem concebido e estruturado.

  • Infraestrutura em bom estado de conservação, com indicação de todos os pontos de visita, com sinalização adequada, e uma indicação da sequencia do roteiro. Apesar de se tratar de um presídio, as instalações são bem conservadas, havendo inclusive a preocupação em manter a caracterização das condições “precárias” de quando funcionava.
  • Todos os materiais usados e/ou disponibilizados durante a visita apresentam com estado de uso e higiene. Os equipamentos de áudio são funcionais, de fácil uso, e com narração em diversos idiomas.
  • Pode-se dizer que o Ambiente de Serviço, incluindo os dois itens acima, atende plenamente à estratégia do serviço, em seus vários elementos: Instalações, Equipamentos, Leiaute, Materiais, Informações, Sistemas, Som e Odor (Veja artigo sobre Ambiente de Serviço)
  • Além da disponibilização das instalações para visita, a recepção (acolhida), o serviço de guia (áudio equipamentos), visitas guiadas, para quem desejar, apoio de funcionários durante a visita, transporte para quem tenha dificuldade de locomoção no acesso inicial, são alguns dos serviços disponibilizados aos visitantes.
  • Como consequência dos serviços prestados, pode-se dizer que a experiência dos visitantes é rica, carregada de realidade, Não classificaria de prazerosa, mas de cunho didático e vivencial inesquecível.

Artigos correlatos

Quer mudar sua empresa/organização?

Se desejar melhorar a maneira de identificar oportunidades e introduzir novos serviços, mudando as coisas em sua empresa ou organização, convide sua equipe a participar de um de nossos cursos sobre o tema:

4 comentários sobre “Alcatraz: transformando um peso morto numa bela oportunidade para prestar serviços!

  1. Visitar Alcatraz é viver uma experiência única. O visitante, munido do áudio tour, é facilmente capturado por toda a história deste local, o tempo passa e o turista não percebe, fica com o desejo de “quero mais”. Realmente foi uma ótima sacada da cidade explorar o potencial turístico do presídio, que é motivo de curiosidade para tantas pessoas, e uma construção imponente no meio da baía. E eles exploram ao máximo. Há vistas durante o dia, e durante à noite também, difícil é aguentar o clima, um tanto traiçoeiro – esse também foi um dos motivos que levaram os índios que invadiram a ilha durante a década de 60/70 a abandoná -la, sem contar nos incontáveis presentinhos que o visitante pode comprar, não só nas instalações do presídio, mas por toda a cidade de San Francisco. Alcatraz se tornou um grande negócio.
    Confesso que não comprei o meu ticket com antecedência e consegui comprá-lo facilmente, mas foi por pura sorte, devido ao clima na semana que eu fui não estar um dos mais favoráveis. Mas vale mutissímo a pena visitar Alcatraz, tanto pelo presídio, quanto pela vista maravilhosa de todos a baía. Foi, definitavamente, o ponto alto da minha viagem à San Francisco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s