Os três lugares descobrir se uma empresa tem boa gestão!

Responda rápido: quais os três locais que você pode visitar, em uma empresa, para avaliar rapidamente se ela é bem gerenciada? Não vale olhar os números, não vale perguntar a ninguém, nem vale usar informações anteriores sobre o desempenho da empresa; apenas a visita a três locais da organização lhe é permitido para traçar um perfil da sua gestão. Você acha isso uma tarefa impossível?

Pare, olhe, escute!
Pare, olhe, escute!

Pois isto não é impossível!

Não pretendo esgotar todo o assunto sobre a boa gestão numa empresa, ou qualquer tipo de organização, com fins lucrativos ou não. Mas gosto de chamar atenção para três lugares que nos dão uma visão bastante aproximada sobre quão bem uma empresa/organização é bem gerenciada.

E que lugares são esses?

  • A recepção
  • O banheiro
  • O lixo

Você, leitor, poderia perguntar: como assim, não é o departamento financeiro? O departamento comercial? O departamento de recursos humanos, pessoas, ou qualquer outro nome que ele tenha? Que dizer da produção? Que dizer do setor de segurança? E da TI, onde a empresa guarda as informações, cada vez mais valiosas nos dias atuais?

Pois é. Sem querer ser simplista, e sem acesso aos dados empresariais, existem três locais da empresa onde é possível ter uma rápida percepção sobre a gestão: a recepção, o banheiro e o lixo. Senão, vejamos:

  • A recepção da empresa, mostra, de modo rápido, acessível e claro, o modo como a empresa se preocupa e trata seus clientes, sobretudo os que estão chegando;
  • No banheiro você pode perceber como a empresa trata seus funcionários;
  • E no lixo você pode perceber como a empresa trata seus acionistas .

Como assim? Você pode estar indagando.

Analisemos cada caso isoladamente.

A Recepção

Uma Recepção acolhedora diz muito!
Uma Recepção acolhedora diz muito!

Você já chegou a uma empresa em que você faz uma verdadeira maratona para descobrir onde se localiza a recepção?

Vejamos alguns itens que podem mostrar se você quer receber bem ou não, aquele que estão chegando, incluindo-se aí os clientes:

  • Localização da recepção, indicação clara para quem está chegando e não conhece sua empresa – não vale pensar em borracharia ou oficina de quinta categoria;
  • Facilidade de acesso, sem automóveis ou qualquer outro material ou equipamento dificultando a visualização e acesso. Rampa de acesso disponível e ausência de obstáculos físicos – dispense comentários sobre lojas populares e camelôs em área comercial;
  • Porta com largura suficiente, aberta ou de fácil abertura, e mesmo sinalizada – por favor, não se lembre de agências bancárias com suas portas giratórias;
  • Quando você adentra o ambiente, não precisa ficar perguntando quem é ou onde se localiza alguém a quem você pode se dirigir;
  • Presença de gente disponível, disposta e decidida a lhe dar atenção, de forma cortês, educada e bem humorada.

O Banheiro

Banheiro limpo, boa gestão. Banheiro desorganizado e sujo, má gestão!
Banheiro limpo, boa gestão. Banheiro desorganizado e sujo, má gestão!

Você já foi a uma empresa em que se sentiu desencorajado de usar o banheiro?

Teve oportunidade de saber como é o banheiro da gerência ou da diretoria? Pergunto isto porque, se o banheiro da gerência ou diretoria são sujos e mal lavados, então é uma questão de higiene mesmo. Todos os banheiros serão sujos.

Mas se o banheiro da gerência ou diretoria é limpo e impecavelmente higiênico, e o banheiro dos funcionários, ao contrário, é sujo, apertado, mal iluminado, e exala odor desagradável, você tem a exata noção do quanto a gerência ou diretoria valoriza e trata de forma humanizada seu pessoal.

E, pasmem, se a equipe não se sente bem tratada, como vai tratar clientes e visitantes?

O Lixo

O lixo diz muito sobre a gestão de materiais
O lixo diz muito sobre a gestão de materiais

O que o lixo tem a ver com gestão? E com acionistas, então?

O lixo reflete o modo como a empresa trata os recursos materiais, se estão sendo desperdiçados, podendo acarretar perdas, prejudicando a produtividade, elevando os custos, e, consequentemente afetando a rentabilidade do negócio. E quem perde com isto?

Os acionistas, é claro!

  • Quando você vê excesso de papel, insumos, produto em processo e até mesmo produto acabado no lixo, você não pode pensar que aquela organização está cuidando adequadamente de seus materiais;
  • Quando você vê material fora do lugar, atrapalhando a circulação, empilhado de forma inadequada, ou mesmo não identificado, você logo desconfia de que isto tudo pode levar a prejuízos iminentes;
  • Quando você encontra sujeira nos materiais, equipamentos e instalações, você tem todo direito de achar que, nesta organização, há indícios de má gestão;

Enfim, o modo como uma empresa/organização trata as pessoas, os clientes e os materiais diz muito sobre sua gestão.

Reflexão

  • Como sua empresa/organização trata seu pessoal?
  • Como sua empresa/organização trata os materiais? Muito lixo, desperdício, desorganização?
  • Como sua empresa/organização trata seus clientes? Com respeito, atenção e dedicação?
  • Que impacto tem estas três atitudes nos resultados dos negócios?

Artigos relacionados

Leia outros artigos sobre este tema:

Imagem no utilizada neste Artigo foram obtidas nos seguintes endereços:

  1. Imagem 1, em Inc.
  2. Imagem 2, em Thistleexpress
  3. Imagem 3, em Aboutcareers
  4. Imagem 4, em Digital Journal

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s