Prédio Servidor: a transformação dos edifícios de paredes em centrais de serviços!

O que existe em comum entre um navio de cruzeiro e um moderno edifício residencial? Você já percebeu que os prédios de hoje em dia estão deixando de ser local apenas de moradia e se transformando em centrais de serviços? O edifício em que você mora é um “prédio servidor”? Ou é apenas um conjunto frio de paredes e equipamentos?

Típico navio de cruzeiro

O mundo está se tornando, cada vez mais, um mundo de serviços. Isto chega também à construção civil. Senão vejamos:

Como eram, de modo geral, os prédios de antigamente?

Estrutura física, consistindo essencialmente de paredes, instalações sanitárias, equipamentos para distribuição de água e energia. Alguns com mais conforto físico, outros mais simples.

Mas a essência do produto estava relacionada a estrutura física!

Como são os prédios de hoje?

Os prédios mais recentes são construídos de forma a proporcionar uma série de itens de confortos, bem superiores aos edifícios de antigamente.

Mas …

além de itens de conforto, o que percebemos é o oferecimento de serviços aos seus usuários, tais como:

  • Serviços esportivos e saúde: academia, quadra poliesportiva, ambiente com brinquedos infantis, sauna, e piscina semiolímpica;
  • Serviços de lazer: home theather, sala para crianças pequenas, com atividades educativas e de lazer; sala de jogos com xadrez, dama, sinuca, futebol de botão, mesa para baralho, dardo, computadores com acesso a internet; salão de festa, churrasqueira; instalações e equipamentos com adaptações para Deficiente Físico;
  • Serviços de segurança: guarita com TVs e câmeras com gravação e infravermelho para filmagem no escuro, sistema de som no salão de festa e em outros ambientes; elevadores com biometria (leitor digital para liberar o elevador somente para usuários autorizados); radio para comunicação entre os funcionários; câmaras dentro do elevador; interfone com viva-voz,  microfone e teclado de comunicação na entrada para visitas; cerca elétrica;
  • Serviços de comodidade: sensores de presença em toda a garagem e escada para acender por tempo determinado ao aparecer movimento de pessoas e/ou carro; bicicletário; garagem com 04 vagas, caixas de correios individuais e com chaves; sistema de coleta de lixo dispensando uso de lixeiras; serviço de telefonia com PABX para 02 linhas em cada apartamento; instalação preparada para ar-condicionado; sala para motoristas com geladeira, TV, bebedouros; sala do sindico, com mobília e equipamento para a administração;

Logicamente alguns dos itens acima relacionados não são novidade. E podem estar sendo disponibilizados há já algum tempo, possivelmente anos. Mas o que quero registrar aqui é um movimento, sem retorno, de transformar o mundo físico, de bens manufaturados, em um mundo de serviços.

Partindo da definição de que “servir é cuidar do outro, seja o outro um cliente, um familiar, um amigo tomar iniciativa, fazer o bem, ajudar”, eu diria, sem medo de errar, que os prédios estão se tornando cada vez mais servidores.

A ideia de usar a imagem de um navio de cruzeiro foi para permitir a reflexão do que estão se tornando um edifícios residenciais: centrais de serviços.

A intenção dos novos edifícios é fazer com que seus moradores sintam, como cantou Gilberto Gil, que “o melhor lugar do mudo é aqui e agora”.

Reflexões…

  • Como está a prestação de serviços do edifício onde você mora?
  • O edifício onde você mora é um edifício servidor?
  • Caso você seja de uma construtora, a sua empresa adota uma estratégia de serviço nos produtos que oferece a seus clientes, ou vocês ainda são do tempo de “construir prédios”?

Agradecimentos:

Este artigo contou com a colaboração de @inabelurtiga e @dilsonsales, a quem agradeço calorosamente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s