A ASG que fechou a venda!

Sua equipe é boa em fechar vendas? Quem “fecha vendas” em sua empresa é unicamente a equipe de vendas? Ou outros profissionais, de funções não ligadas a vendas, também vendem produtos e serviços?

A ASG que fechou a venda!
A ASG que fechou a venda!

Pois vejam o que aconteceu, outro dia, em uma empresa de serviços:

Trata-se de uma empresa que presta serviço 24 horas por dia, precisando estar, portanto, a postos para vender e servir ao cliente. O relato abaixo foi feito por um dos funcionários da empresa:

 O relato

 “Há alguns dias, eu estava atendendo uma família por volta de 1:00 da manhã, e uma cliente estava afastada lá no canto. Enquanto seu irmão resolvia o atendimento comigo, eis que nossa ASG noturna, aproximou-se da senhora e ofereceu café, água e o melhor, companhia. Seu irmão, embora tenha apreciado os serviços oferecidos, e a forma como seriam prestados, achou caro o valor cobrado, e se movimentou no sentido de ir embora. 

Foi aí que sua irmã, que ficara aguardando, na companhia da ASG, respondeu que não, afirmando: “vamos fazer tudo aqui pois não encontrei em outro lugar tanto conforto”.

Pudemos assim, concluir a venda e, adiante, prestar o serviço aos irmãos e familiares, que, mais tarde, se fizeram presentes” 

Usualmente o que se espera de um ASG – auxiliar de serviços gerais?

O termo é até pejorativo:

  • Auxiliar parece ser alguém que não tem habilidade para fazer, mas sim apenas atuar como ajudante.
  • Serviços gerais parece ser uma denominação para o que não se consegue definir. Isto mesmo! Quando não conseguimos definir o nome para um serviço ou uma tarefa, costumamos chamar de “serviços gerais”. Equivale a chamar um objeto de “coisa”.

Então o esperado de um ASG é que faça o que lhe pedem, de maneira obediente, subserviente e, se possível, competente.

Inteligente? Nem pensar!

Por isto mesmo, normalmente, é esperado que o ASG não faça muita coisa, além de manter o ambiente limpo, abrir e fechar a porta para alguém, ou limitar-se a trazer o cafezinho.

Pois o ASG descrito neste caso foi muito além, e “fechou a venda” para o atendente vendedor. Ao se fazer presente, agiu de modo competente e inteligente,

De certo modo, ele descobriu quem era o cliente mais importante, o cliente que iria decidir pela compra, ou não. E prestou um excelente serviço!

Consequentemente, FECHOU A VENDA

Pois o ASG descrito neste caso foi muito além, e “fechou a venda” para o atendente vendedor. Ao se fazer presente, agindo de modo competente e inteligente, deu uma aula de Marketing. Marketing? Por que?

Por que isto é Marketing!

Em serviços, o Marketing é feito pelo prestador do serviço, e, neste caso, tivemos uma aula dada pela ASG! Em serviços, somos todos vendedores. E uma boa venda se faz sem necessariamente oferecer produtos – apenas mostrando o serviço!

Parabéns, Wilma, a ASG que fechou a venda!

Aproveito a semana do dia 16 de maio, o “Dia do Auxiliar de Serviços Gerais”, para render homenagem a este tipo de profissional, tantas vezes não percebido ou reconhecido, e cujo trabalho tem tanto significado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s