Tratando da Saúde no Céu! (Parte 2)

Quando precisa tratar da saúde, você tem se sentido no céu? Ou no “inferno”? Você acha possível existir um “céu” na terra? De modo semelhante, é possível encontrar “santos” e “anjos” tratando da saúde das pessoas?

A LIGA mais parece o céu!
A LIGA mais parece o céu!

No primeiro artigo desta série  (Tratando da Saúde no Céu! Parte 1)  narrei a história do médico que, ao encontrar uma paciente que havia se tratado na instituição por ele dirigida, ao referir-se à instituição chamou-a de “céu”, aos médicos de “santos”, e aos demais funcionários, de “anjos”.

Ao agradecer pela bela história, passo, neste segundo artigo, a discorrer um pouco sobre a LIGA e seus profissionais, para melhor compreensão dos leitores deste Blog, sobre a explicação da paciente em ter sido atendida por santos e anjos no céu.

Que céu é este, chamado LIGA?

A LIGA é uma entidade filantrópica, que, com muito esforço, dedicação e abnegação, tem se devotado a ajudar pessoas com câncer a enfrentar e superar o desafio da doença, tratando a tudo e a todos com o mesmo respeito, carinho, atenção e profissionalismo.

Pode-se dizer que a LIGA existe para ajudar as pessoas a viverem, fazendo o mundo prosperar!

E como a LIGA faz tudo isso pelas pessoas, a custo zero? Qual é a mágica?

A LIGA é uma instituição filantrópica voltada, prioritariamente, a atender pacientes de câncer, muitos destes atendidos através do SUS. As suas unidades atendem também pacientes de convênio e particulares, mas o grande volume de atendimentos é via SUS. A LIGA entende que sua mais forte missão é o Atendimento SUS.

Veja algumas características da LIGA:

  • A missão da Liga está relacionada com “aplicar, gerar e difundir conhecimento em saúde, priorizando a oncologia”. Chamo atenção, entretanto, o engajamento de todos os que fazem a LIGA em lutar, fortemente, incessantemente e incansavelmente a fim de fazer cumprir seu papel.
  • Tendo iniciado sua existência, nos anos 1960, como um local destinado a acolher pacientes terminais acometidos de câncer, tem lutado contra o estigma da doença, e quebrado parte da resistência de pessoas a lidar com a doença.
  • Tem como valores norteadores de sua atuação: ética, aperfeiçoamento contínuo, competência, responsabilidade social, humanização e filantropia.
  • A seriedade com que a LIGA é administrada, respeitando as questões éticas, compromisso social, e o zelo pela gestão, em prol de capitanear o uso dos recursos de forma a otimizar a atenção ao paciente.
  • A busca incessante em acessar novas e atualizadas tecnologias, as mais avançadas possíveis, e colocar tudo isto serviço do paciente.

Por que os médicos da LIGA são chamados de santos?

Como a LIGA consegue ter santos e santas atuando?

Por que existe uma filosofia de trabalho, pautada nos valores anteriormente relacionados, que impulsiona a todos que ali trabalham a darem e se doarem em favor do paciente.

Tenho a impressão de que a palavra “liga”, utilizada no nome da instituição – Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer – tenha sido utilizada por razão técnica, pois o nome Liga tenta traduzir a ideia de uma organização que não é uma empresa privada, nem instituição pública.

Mas desconfio fortemente, de que a palavra “liga” caracteriza uma união de pessoas em torno de algo maior, uma espécie de causa, criando uma verdadeira LIGA de pessoas que se dedicam a melhorar a vida das pessoas.

Assim, passo a relacionar algumas das características da atuação dos médicos LIGA:

  • A Liga conta, em seu corpo clínico, com médicos altamente qualificados, podendo-se dizer que, na sua região de atuação, os melhores profissionais ali atuam;
  • Muitos profissionais ali atuam movidos pela disposição em servir às pessoas, muito mais que pela remuneração pelo seu trabalho médico;
  • Muitos extrapolam a jornada usual de trabalho, movidos pela causa que os liga;
  • Embora seja uma entidade filantrópica, não dispondo dos mais fartos recursos financeiros, conseguem manter-se atualizados cientificamente, e até mesmo gerar conhecimento científico;
  • Além de se dedicarem ao exercício da medicina junto aos pacientes, também contribuem com a formação de novos profissionais, tanto médicos como de profissões correlatas. A LIGA oferece vários cursos.
  • E, em tudo o que fazem, norteados por um dos valores principais – humanização – servem, verdadeiramente, ao paciente, seja este quem for: homem ou mulher, rico ou pobre, atendido via convênio ou SUS, jovem ou velho, graduado ou analfabeto, etc.

Por que os funcionários da LIGA são chamados de anjos?

Mas, para que o céu fique completo, precisa estar repleto de anjos, auxiliando os santos e santas! Quem são esses anjos na Liga?

São as equipes de atendimento em saúde, representadas pela enfermagem, psicólogos, nutricionistas, odontologia, fisioterapeutas, entre outros profissionais de saúde, auxiliados pelas equipes de apoio como técnicos, recepcionistas, auxiliares, e seguidos pelas equipes de serviços de suporte, pessoal administrativo, e afins.

Passo a relacionar algumas das características da atuação dos profissionais da LIGA:

  • Em primeiro lugar, chamo atenção para o que considero ser a mais importante das qualidades de todos os profissionais da LIGA: a disposição em servir ao paciente com dedicação, abnegação e respeito.
  • Não vejo exemplo maior desta dedicação em servir do que enfrentar a dificuldade de tratar de uma criança, um idoso ou um parente com câncer.
  • O mesmo senso de profissionalismo parece ser uma das características chave de todas as pessoas que fazem a Liga.
  • Aliado a isto, existe uma forte preocupação com a qualificação técnica de todos os profissionais, em qualquer função, em qualquer setor de atuação.
  • Mas nada disto seria suficiente sem o carinho, a disposição em cuidar, ajudar, com pleno exercício da bondade para com o próximo.

Haveria mais e mais a dizer sobre a LIGA e sua equipe, mas não devo me estender, sob pena de comprometer os limites dos artigos deste blog.

Assim, concluo este segundo artigo, rendendo minha homenagem a todos que fazem a LIGA, e convidando você, leitor, a conhecer mais sobre a instituição, um exemplo de organização.

Convite

Se quiser conhecer mais sobre a LIGA, visite o site ligacontraocancer, ou, se puder, converse com alguém que fez tratamento lá. Você poderá saber de alguns outros casos sobre uma organização que sabe servir.

Artigos relacionados

Agradecimento

Agradeço a Dr. Ivo Barreto, por ter-me autorizado a publicar a história aqui narrada.

A imagem utilizada no início deste artigo foi extraída do LINK

Quer mudar sua empresa/organização?

Se desejar provocar este tipo de comportamento junto à sua equipe de trabalho, conheça o curso Empresa Servidora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s